Fartura
Polícia Civil prende trio por receptação, tráfico e associação para o tráfico de drogas
Durante a diligência, os policiais civis também apreenderam na casa de um dos envolvidos um notebook e um telefone celular, ambos furtados de seus legítimos proprietários.
12/03/2019 15h53
Por: A Estância
526

Um homem e duas mulheres foram presos na manhã de hoje, 12/3/18, em Fartura, por tráfico e associação para o tráfico de drogas, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão pela Polícia Civil local, com o apoio de integrantes da DIG/GOE de Avaré.

Iniciada no contexto de uma investigação da Delegacia, a ação resultou na apreensão de cerca de 60 gramas de maconha, além de telefones celulares, R$ 585,00 em espécie e um rolo de fita adesiva marrom, este último comumente utilizado para embalar a droga.

Os alvos da Polícia moravam na Vila Nossa Senhora de Fátima, em residências próximas umas das outras. Segundo o boletim de ocorrência, foram presos a estudante J. G. F. da S., de 19, a doméstica I. T. F. dos S., de 23 anos, e o desempregado M. F. da S., de 37 anos, o qual já possui passagens na Polícia pelos crimes de estelionato, tráfico de drogas, receptação e lesão corporal dolosa.

RECEPTAÇÃO – Durante a diligência, os policiais civis também apreenderam na casa de um dos envolvidos um notebook e um telefone celular, ambos furtados de seus legítimos proprietários. As vítimas estiveram na Delegacia, reconheceram os pertences e os receberam de volta. Em razão disso, o trio também foi indiciado por receptação.

De acordo com a Delegada Jordana Rueda Amorim, os presos serão encaminhados para audiência de custódia. Caso a Justiça decida pela manutenção da custódia, os presos serão transferidos para unidades da Secretaria da Administração Penitenciária.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários