Câmara de Vereadores
Câmara rejeita projeto do prefeito que alterava denominação de cargos
A vereadora Marialva levantou uma tese sobre o projeto: “um passarinho verde me buzinou sobre a possibilidade desses cargos serem preenchidos por pessoas ligadas a um deputado da região que perdeu a eleição e não tem onde colocar seus assessores.
13/12/2018 13h34Atualizado há 4 meses
Por: A Estância
Fonte: A Comarca
258

Por 7 votos a 6, a Câmara de Vereadores de Avaré rejeitou o projeto de lei complementar de autoria do prefeito Jô Silvestre que extinguia quatro cargos comissionados ligados ao seu gabinete, todos de âmbito jurídico, e criava novas nomenclaturas para essas funções.

De acordo com a justificativa do prefeito, o projeto visava “adequar os cargos de assessoria jurídica do gabinete do prefeito, bem como delegar competência aos mesmos, visando um melhor desenvolvimento das matérias de interesse do Executivo”.

Antes da votação, a vereadora Marialva levantou uma tese sobre o projeto: “um passarinho verde me buzinou sobre a possibilidade desses cargos serem preenchidos por pessoas ligadas a um deputado da região que perdeu a eleição e não tem onde colocar seus assessores. Será que procede?”

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários