Terça, 11 de dezembro de 2018
19 99746-0072
Tecnologia

02/08/2018 ás 18h08 - atualizada em 02/08/2018 ás 20h30

1.427

A Estância

Avaré / SP

Impasse pode deixar Avaré e região sem alguns canais de televisão
Tudo por causa do surgimento de um impasse entre a Prefeitura avareense e as emissoras de rádio, televisão, telefonia e internet que possuem equipamentos instalados no chamado Parque das Antenas.
Impasse pode deixar Avaré e região sem alguns canais de televisão

Um problema que vem se arrastando já há algum tempo pode deixar Avaré e cidades da região sem alguns canais de televisão. Tudo por causa do surgimento de um impasse entre a Prefeitura avareense e as emissoras de rádio, televisão, telefonia e internet que possuem equipamentos instalados no chamado Parque das Antenas.


Em dezembro do ano passado, um forte temporal que assolou a cidade de Avaré acabou danificando algumas antenas no terreno que fica nas imediações da Fundação Padre Emílio Immos, e naquela ocasião muitas emissoras tiveram a retransmissão de sinais interrompidos. Para que os reparos pudessem ser realizados, era preciso pedir permissão à diretoria da Fundação, que por sua vez tentou conversação com os responsáveis das empresas instaladas no Parque das Antenas a fim de que todos contribuíssem com o pagamento de um uma taxa simbólica como aluguel, só que não houve nenhum tipo de acordo.


ENERGIA – Já a Prefeitura de Avaré, desde setembro de 2017, vem realizando um levantamento das instalações mantidas em nome da administração municipal no local conhecido como Parque das Antenas, que há mais de 40 anos abriga equipamentos de transmissão de sinais de TV, rádio, telefonia e, recentemente, dados de Internet. 


As informações são do secretário de Comunicação Zena Araújo, que declarou que desde que assumiu a pasta e passou a ser o responsável pelos gastos relativos ao setor, deu início a esse levantamento com objetivo de detectar quem está fazendo uso da energia elétrica que vinha sendo paga pela Prefeitura.


DESLIGAMENTO – “Em setembro de 2017, o Gabinete do Prefeito oficiou à CPFL Santa Cruz sobre a possível existência de um ponto de consumo naquela localidade mantido pela Prefeitura. Entre respostas não esclarecedoras e novos dados coletados junto a diferentes departamentos e até a própria CPFL Santa Cruz, finalmente, nos últimos dias (julho de 2018), apontou com exatidão a unidade consumidora com a conta vinculada a Prefeitura de Avaré. Ao tomar ciência do medidor exato, a Secretaria de Comunicação solicitou à CPFL Santa Cruz o imediato desligamento da unidade, ação ainda não confirmada pela empresa”, disse o secretário à reportagem da Comarca.


CLANDESTINA – Ainda em suas declarações, o secretário afirma que desde que assumiu a pasta em Março de 2017, não autorizou nenhum pagamento de consumo de energia elétrica naquele local, vindo a tomar ciência da existência de uma possível ligação somente após a consulta feita junto a CPFL em setembro do mesmo ano. “As circunstâncias que levaram o custeio de energia elétrica de empresas de comunicação naquele local devem ser apuradas em expediente próprio. Esta Secretaria não tem conhecimento de que existam equipamentos de propriedade da Prefeitura instalados naquele local, muito menos pode confirmar a existência de termo contratual que a obrigue a custear despesas de energia elétrica naquele espaço, razão pela qual, solicitamos o desligamento imediato, por entender que a ligação, ao que tudo indica, é clandestina. Finalizado o processo de apuração por parte desta Secretaria, encaminharemos os dados para os setores responsáveis para as providências cabíveis”, concluiu Zena.


A Comarca também apurou que a empresa CPFL Santa Cruz informou à Secretaria da Comunicação que as emissoras TV Tem, Rádio Interativa, Radio MIX e a operadora Claro possuem medidores próprios, custeando seus consumos de energia elétrica.


Cidades da região já sofreram com canais fora do ar


Após o canal de televisão SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), de Jaú 51 ficar fora do ar, no domingo, 22, na região de Avaré, o serviço foi restabelecido. De acordo com nota emitida pela Prefeitura de Cerqueira César, o problema ocorreu devido a problemas na retransmissão no município de Avaré. 


Conforme informações do setor de Engenharia do SBT, a CPFL Energia efetuou a interrupção de energia na torre, acarretando problemas na retransmissão do sinal de televisão para todas as cidades de Itaí, Cerqueira César, Itatinga e Paranapanema. 


Em contato com o técnico responsável pela manutenção da torre da região, representante do SBT, a reportagem foi informada que o sinal foi interrompido devido à ausência de pagamento da conta de energia elétrica por parte da Prefeitura de Avaré, referente aos três primeiros meses de 2018 


A antena do SBT estava instalada em um local cedido pela Record TV, devido as fortes chuvas que atingiram Avaré no mês de dezembro ter danificado a estrutura. “O SBT já estava ciente do atraso da fatura do pagamento de energia e a Prefeitura de Avaré sugeriu que as emissoras separassem o local das antenas, porém no domingo (22) o canal saiu do ar”, explicou o técnico do SBT. 


RECORD TV- Em contato com o supervisor técnico da Record TV Bauru, a reportagem foi informada que após a emissora ceder o espaço ao SBT, para a instalação das antenas, foi acordado que o SBT pagaria a energia elétrica. Ainda de acordo com a Record, a torre e os equipamentos são todos da Record, o terreno é da Prefeitura de Avaré e o SBT, utilizou a torre e o abrigo, para colocar os equipamentos deles.

FONTE: Jornal A Comarca

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium