Eleições 2018

Eduardo Bolsonaro diz que vai apoiar Subtenente Wilson de Avaré, como pré-candidato a deputado estadual

Filho do pré-candidato Jair Bolsonaro esteve em Bauru para reunião

24/07/2018 13h32Atualizado há 10 meses
Por: A Estância
Fonte: JCNET
1.549
Luiz Carlos Valle (à esquerda) recebeu Eduardo Bolsonaro em Bauru, na semana passada
Luiz Carlos Valle (à esquerda) recebeu Eduardo Bolsonaro em Bauru, na semana passada

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se reuniu na última semana com membros do seu partido em Bauru, e concedeu entrevista no Espaço Café com Política do JC. O parlamentar é filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato a presidente, e defende as mesmas bandeiras, como o estado mínimo e o liberalismo econômico. Ele foi recebido na cidade pelo pré-candidato a deputado federal Luiz Carlos Valle e apoiadores.

Entre as pautas, Eduardo Bolsonaro, que é candidato à reeleição, considera que o número de empresas estatais precisa ser reduzido. "Hoje, são mais de 150 estatais, que só servem para barganha política", dispara. "Algumas podem ser mantidas, mas outras não há essa necessidade. E há ainda os casos em que parte dos serviços pode ser privatizado", avalia.

Um dos pontos defendidos para o estado mínimo é a privatização da educação básica e superior. "Entendemos que o Estado deve ser mínimo, garantindo a segurança do País, e a saúde. Na educação, é possível ser privada, e quem não reunir condições financeiras para pagar, receberia uma bolsa do governo, para escolher a escola ou universidade privada que entender ser melhor. O que a iniciativa privada faz apresenta resultados mais positivos, então defendemos esse modelo", completa.

REDES SOCIAIS

Na campanha deste ano, o PSL aposta nas redes sociais e na mobilização espontânea das pessoas no apoio aos nomes apresentados pela legenda, como Jair Bolsonaro. "As pessoas não votam em partidos, mas nas pessoas. Hoje o PSL tem como grande nome o Jair Bolsonaro, e ele recebe um apoio das pessoas, que fazem propaganda dele, sem depender da legenda. Na campanha, vamos apostar nas redes sociais, na internet, e nessa mobilização das pessoas que defendem as mesmas propostas que a gente", afirma.

O PSL ainda não fechou aliança com nenhum partido e pode ficar com pouco tempo na propaganda de rádio e TV. "O Jair Bolsonaro vai participar dos debates, ele é uma pessoa inteligente e a participação dele vai ocorrer", afirma.

Eduardo Bolsonaro foi alvo na semana passada de uma polêmica envolvendo o fato de ter curtido o ex-presidente Lula nas redes sociais. "Eu curto a página de vários políticos. O pessoal está pedindo o Lula livre, eu sou a favor, mas em 2030, por isso curti", disse.

Na região, Eduardo Bolsonaro diz que o partido vai apoiar Luiz Carlos Valle, de Bauru, como pré-candidato a deputado federal e Subtenente Wilson, de Avaré, como pré-candidato a deputado estadual. No Senado, a legenda vai lançar o nome de Major Olímpio, atualmente deputado federal, e que pode ter o bauruense Marcos Pontes como segundo suplente.

Subtenente Wilson Claudio - Avaré

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários