SAÚDE

Prefeitura diz que mantém alto investimento na compra de remédios

R$ 1 milhão foi gasto com a última entrega feita no último dia18

20/07/2018 16h43
Por: A Estância
Fonte: Secretaria de Comunicação
243

A Prefeitura da Estância Turística de Avaré, por meio da Secretaria da Saúde, está investindo cada vez mais na aquisição de medicamentos e insumos utilizados na rede municipal de saúde. Cerca de R$ 1 milhão foi gasto somente com a última entrega feita na quarta-feira, 18 de julho.

Com a chegada de novos lotes em períodos regulares, a pasta já atende 82% de toda a demanda produzida nas unidades. No Almoxarifado Central da Saúde, são cerca de 500 itens em estoque entre antibióticos, anti-histamínicos, medicação para tratamento de diabetes, antialérgicos, anti-inflamatórios, além de manter uma sala de controle para armazenar os medicamentos de uso controlados.

Do Almoxarifado, medicamentos e insumos são levados até as 7 farmácias instaladas na rede: 5 em postos de saúde 1 no CAPS e ou no DST Aids. O reabastecimento das unidades é feito semanalmente.

A Prefeitura é responsável pela medicação prescrita em todo o sistema de saúde e responde pela medicação oferecida no Pronto Socorro Municipal, onde são atendidos pacientes de toda a região.

Segundo o responsável pela pasta “uma Prefeitura chegar ao nível de atendimento de 82% da demanda é algo que precisa ser reforçado. O restante (18%), nós não podemos manter em estoque pelo fato de serem medicamentos que não estão inseridos na padronização do Ministério da Saúde. É o Ministério que indica para o município quais os medicamentos e insumos que deve manter em estoque. Nós estamos em dia com essa obrigação. Quando um remédio é indicado e a Prefeitura não tem, muito provavelmente, o produto não está relacionado na lista de padronização, mas ainda assim, a Secretaria analisa o pedido e faz a compra e entrega ao paciente. Nestes casos, o processo todo pode levar alguns dias”.

Para reforçar a importância da prescrição de medicamentos mantidos em estoque, a Secretaria da Saúde mantém cartazes afixados nos consultórios médicos, relacionando a disponibilidade do Almoxarifado Central.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários