Quarta, 19 de setembro de 2018
19 99746-0072
Cultura

05/07/2018 ás 13h31 - atualizada em 05/07/2018 ás 13h35

143

A Estância

Avaré / SP

Unimed Avaré fornece apoio a evento cultural da cidade
Unimed Avaré marca presença nas atividades da Semana Djanira 2018, organizada pela Secretaria Municipal da Cultura, com a participação de estudantes da cidade.
Unimed Avaré fornece apoio  a evento cultural da cidade
Livro foi publicado em 2015 e teve o patrocínio da Unimed Avaré

Com a cessão de 150 exemplares do livro “Djanira para conhecer e colorir”, do pesquisador Gesiel Júnior, a Unimed Avaré marca presença nas atividades da Semana Djanira 2018, organizada pela Secretaria Municipal da Cultura, com a participação de estudantes da cidade.


            O evento aconteceu entre os dias 11 e 16 de junho, no Memorial Djanira, criado há 10 anos pela Prefeitura, como centro de divulgação e pesquisa sobre a pintora avareense. O espaço tem sob sua guarda peças e utensílios do ateliê da artista que se projetou no Rio de Janeiro.


Visitado regularmente por estudantes da rede de ensino local, bem como por turistas, o espaço é dedicado à preservação e pesquisa de obras, documentos e fotografias, roupas, livros, prêmios e instrumentos musicais de Djanira da Motta e Silva. Mantém, ainda, exposição permanente de seus objetos pessoais e trabalhos artísticos, como desenhos, serigrafias e xilogravuras.


Publicado em 2015 com patrocínio da Unimed Avaré, o livro “Djanira para conhecer e colorir” reúne em suas 48 páginas uma seleção de desenhos da artista, através dos quais o escritor Gesiel Júnior conta a história de vida e a trajetória da pintora. O livro traz também frases que refletem as impressões da pintora sobre a arte e a vida.  “Embora esta coletânea de desenhos da artista desperte primeiramente a atenção das crianças, outros leitores também podem se deixar tocar por lições de vida espalhadas pela criativa mulher que usou o seu pincel e deixou o Brasil multicolorido”, disse o escritor.


 


A artista e o autor


Nascida em Avaré em 1914, a artista Djanira da Motta é considerada uma das principais pintoras do Brasil. Com dois anos de idade, Djanira foi morar na divisa do Paraná com Santa Catarina, na cidade de Porto União, onde trabalhou na lavoura. Em 1928, Djanira retorna para Avaré e vive na roça. Já adulta, morou em São Paulo, no Rio de Janeiro e nos Estados Unidos. Com coragem, Djanira enfrentou problemas de saúde desde quando era moça. Morreu aos 65 anos de idade, em maio de 1979, após dedicar-se inteiramente à arte.


Além de escritor, Gesiel Junior é jornalista, pesquisador e cronista. Estudou filosofia e teologia no Seminário Arquidiocesano de Botucatu (SP). Vive e trabalha atualmente como servidor da Prefeitura da Estância Turística de Avaré. Iniciou sua carreira na imprensa na redação do extinto jornal "O Avaré" e foi, durante seis anos, correspondente da Agência Estado. Foi adido de imprensa dos prefeitos Paulo Dias Novaes, Fernando Cruz Pimentel e Miguel Paulucci. Como escritor, além de ser biógrafo da pintora Djanira, escreveu vários livros sobre a história de Avaré, além de ser autor de numerosas pesquisas e reportagens sobre preservação da memória paulista.


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium