domingo, 19 de agosto de 2018
19 99746-0072
Educação

07/06/2018 ás 21h18 - atualizada em 07/06/2018 ás 21h25

154

A Estância

Avaré / SP

Coral de Libras une estudantes em prol da inclusão em Avaré
O coral existe há quatro anos; os alunos realizam diversas apresentações
Coral de Libras une estudantes em prol da inclusão em Avaré
Imagem da Internet (Ilustrativa)

“A gente está multiplicando, a gente pretende espalhar o que é bom e mostrar o lado bom da educação. Tem muita coisa boa na educação”. É com esse pensamento que a  professora Elisabeth Batista dos Santos, conseguiu mobilizar todos os alunos da escola Doutor Paulo Araújo Novaes, em prol da inclusão.


Tudo começou há quatro anos com a entrada da aluna Bruna Tainá. “A questão da Libras começou no programa Escola da Família. Ai eu sai e vim para o Pan, foi onde eu comecei a dar aula para Bruna. Aí eu pensei: meu Deus e agora? A sala cheia né? Uma aluna surda. Aí eu conversei com a sala. Eu falei: vocês topam? Vamos montar um coral?” explica a professora.


Os jovens abraçaram a causa e até ex-alunos continuam frequentando as aulas. O coral “Emoção do Silêncio” ultrapassou as paredes da escola e se apresenta também em diversos estabelecimentos da região de Avaré, como festas da cidade, reuniões de pais, etc.


Atualmente, o coral conta com 20 alunos e as aulas são realizadas todas as segundas e quartas. O principal objetivo do projeto é mostrar que a Língua Brasileira de Sinais é a maneira mais acessível do ouvinte se comunicar com o surdo. Durante o intervalo, acontece interação com os alunos surdo-mudo da unidade para maior interação e inclusão.


A aluna Thamires Cristina Ribeiro perguntou em libras para a Bruna Tainá. “O que você gosta na escola PAN?”. E ela respondeu “eu gosto muito dos meus amigos”.


“Nesse caso, quando a gente fala de inclusão e a gente vê essas crianças participarem, a gente vê o envolvimento do professor, a gente vê que é ainda na escola , que ainda é o professor, que ainda somos nós os educadores e podemos fazer a diferença na vida dessas crianças”, conta a Dirigente Lucimeire Gomes Mendonça.

FONTE: Secretaria da Educação do Estado

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium